quinta-feira, 21 de agosto de 2008


Um comentário:

Tânia Hernandes disse...

Imagens sublimes, livres, sem rédeas a retratar a natureza de nosso mundo visível e (in)compreensível... Perfeitas proporções da beleza e da liberdade. Parabéns Vicente! Que a leveza de seus traços possam encantar a cada dia mais e mais pessoas. Que venha a exposição!!!